domingo, 8 de março de 2009

Dia Internacional da Uuman

E hoje é mais um DIA DA MULÉ.
Sempre achei muito chato o tal dia internacional da Mulé. Como este ano cai num domingo, será muito mais o dia do níver do meu querido sobrinho Téo, ou da minha não conhecida mas muito falada avó materna, Dadá. São motivos mais reais de serem celebrados por mim. Acho chato porque chego no trabalho e desde o porteiro ao colega de trabalho - homens, claro - vão logo dando parabéns e meu cérebro lento da noite pouco dormida e do hábito de tentar organizar mentalmente a agenda do dia nos primeiros raios da manhã, vai tentando decifrar aquele código - meu níver já passou, não fui promovida, não ganhei na loto, não ganhei nenhum concurso... Ai, meu Deus... que dia é hoje? Abro um sorriso amarelo... Ah... Obrigada!
Abro os emails e olha lá... um monte de mensagens emocion puro de AMIGAS ( só as mulheres fazem isso!) me desejam bom dia me comparando a mulheres guerreiras, mulheres lindas e maravilhosas, daquelas que se viram nos 30 sem que o batom saia da boca... E já estou quase acreditando que somos mesmo seres especiais e superiores e o telefone começa a tocar e a primeira coisa que o cliente diz é:
- Parabéns pelo dia de HOJE!!!
Penso que preferia ter tido folga e dormido até o meio dia, diminuindo o número de obrigadas fingidos que vou ter repetir até que volte para casa onde, felizmente, ninguém se lembra disso pois importante mesmo é o aniversário de Téo e o bolo que vamos comer na casa dele. Só de vingança entro em sua casa desejando a Suzana, minha cunhada (que é professora e deve ter sofrido bem mais do que eu o dia todo), um "parabéns pelo seu dia". Pelo franzir da boca que ela me devolve me sinto acolhida em minhas chatices! Ufa, sou uma mulher normal!
Mas hoje é domingo e passaremos um DIA DA MULÉ mais tranquilo, graças!

2 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

Fernandinha, perfeito o dia da mulé. Da Uuman! Adorê!

Patricia disse...

Nada, atè ja mudei o layout do blog em italiano, em breve modificarei esse tambèm. Beijos
Pati